21
Dom., Jul.
0 New Articles

Ataque no Níger faz 29 morto

Africa
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

Pelo menos 29 soldados nigerinos foram mortos num ataque de rebeldes armados no oeste do país, perto da fronteira com o Mali. Trata-se do ataque mais mortífero no país, desde do golpe de Estado que derrubou o Presidente Mohamed Bazoum. A junta militar decretou três dias de luto nacional.


Os soldados regressavam de uma operação para "neutralizar a ameaça do Estado Islâmico no Grande Sara" quando caíram numa emboscada que combinou a utilização de engenhos explosivos improvisados e de veículos kamikaze por mais de uma centena de terroristas.

"O número provisório de mortos neste ataque é o seguinte: 29 soldados foram mortos como heróis e dois ficaram gravemente feridos", avançou o Ministério da Defesa, em comunicado, salientando que "várias dezenas de terroristas" morreram.

Trata-se do ataque mais mortífero no país, desde do golpe de Estado perpetrado pela junta militar que derrubou o Presidente Mohamed Bazoum e suspendeu a Constituição. A junta militar decretou três dias de luto nacional.

O Níger, tal como os vizinhos Mali e Burkina Faso, é palco de vários ataques perpretados por grupo islâmicos armados.
A proposta argelina, apresentada pelo Presidente Abdelmadjid Tebboune, no passado mês de Agosto, prevê discussões políticas que permitam o regresso à ordem constitucional, durante um máximo de 6 meses e sob a supervisão de uma autoridade civil chefiada por uma personalidade consensual, aceite por todos os lados da classe política.

Para apresentar este plano, o chefe da diplomacia argelina visitou três países membros da CEDEAO: Nigéria, Benim e Gana. A Argélia, que "rejeita categoricamente qualquer intervenção militar externa” no Níger, tem uma longa história de mediação ou tentativa de resolver numerosos conflitos internacionais.

 

Níger aceita mediação argelina

Ontem, o Ministério argelino dos Negócios Estrangeiros indicou ter recebido de Niamey “luz verde para a mediação argelina destinada a promover uma solução política para a crise do Níger”.

 

 

 


Fonte:da Redação e da RFI
Reeditado para:Noticias do Stop 2023
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus
Stopmznews