27
Sex., Jan.
0 New Articles

Presidente da República reafirma continuação da electrificação dos postos administrativos

O Presidente da República reafirmou, esta quarta-feira, na sede do posto administrativo de Ngapa, distrito de Mueda, em Cabo Delgado, que o seu governo vai continuar a electrificar os postos administrativos e localidades, com vista a impulsionar o desenvolvimento sócio-económico do país.

PR inaugura Central fotovoltaica em Mueda

O Presidente da República, Filipe Nyusi, procede, esta quarta-feira, a inauguração da Central fotovoltaica do posto administrativo de Ngapa, distrito de Mueda, província de Cabo Delgado.

O acto enquadra-se no programa do governo, que visa a conclusão da electrificação de todos os postos administrativos do país no presente quinquénio por forma a garantir o acesso a energia eléctrica nas zonas rurais.

União Europeia admite apoiar financeiramente Ruanda

Quem o diz é o responsável da missão europeia em Moçambique, Hervé Bléjean, que defende ainda a presença de militares europeus em Cabo Delgado.
O responsável da missão da União Europeia em Moçambique, destinada a treinar tropas contra a insurgência armada em Cabo Delgado, admitiu apoio financeiro europeu ao Ruanda, que tem tropas destacadas na região norte do país.

14 escolas encerradas em Mocímboa da Praia e Palma reabrem portas este ano lectivo

Catorze escolas encerradas devido aos ataques terroristas nos distritos de Mocímboa da Praia e Palma, em Cabo delgado, reabrem as portas no ano lectivo prestes a iniciar.

A informação foi partilhada, esta segunda-feira, pelo porta-voz da Direcção provincial de Educação, em Cabo Delgado Manuel Bacar.

Abatido mais um líder terrorista

Tuahil Muhidim, um dos líderes terroristas que dirigiu as operações de ocupação à vila distrital de Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado, há um ano, foi morto, este sábado, numa operação das Forças de Defesa e Segurança moçambicanas e ruandesas

Longas penas de prisão para jovens que queriam ser terroristas

O Tribunal Judicial de Cabo Delgado condenou 22 indivíduos a longas penas de prisão por considerar comprovada a sua participação, ou intenção de participar, em atos de terrorismo.
A quarta secção do Tribunal Judicial da Província de Cabo Delgado deu como provado o envolvimento de 22 tripulantes de uma embarcação naufragada em 4 de junho de 2020 em Pemba, no crime de terrorismo.

Terrorismo impede abertura de um quinto das escolas

A violência armada vai impedir a abertura de um quinto das escolas de Cabo Delgado, norte de Moçambique, no novo ano letivo, a partir da próxima segunda-feira (31.01), anunciou a direção provincial de Educação.
"Temos algumas escolas nas zonas afetadas pelo terrorismo que não vamos conseguir abrir: são no total 183 escolas", disse Manuel Bacar, porta-voz da área, num balanço feito na segunda-feira, em Pemba.

Mais artigos...