12
Sex., Ago.
0 New Articles

CNE entrega ao TC lista dos 14 milhões de angolanos habilitados a votar em Agosto

Eleicoes
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

14 milhões de eleitores poderão votar nas eleições angolanas de 24 de Agosto, anunciaram as autoridades. Porém o ficheiro eleitoral, entregue nesta segunda-feira, pelas autoridades à Comissão Eleitoral Nacional é já alvo de contestação por abranger cidadãos falecidos.


Continua o processo de preparação das próximas eleições gerais angolanas, previstas para o mês de Agosto, apesar de persistirem as divergências entre o governo e os partidos da oposição que criticam a falta de transparência na organização das mesmas.

No quadro do calendário das eleições, a Comissão Nacional Eleitoral entregou ao Tribunal Constitucional o ficheiro informático da base de dados dos cidadãos maiores de idade habilitados a votar nas próximas eleições.

De acordo com a Comissão Nacional Eleitoral, foram registados para votar cerca de 14,3 milhões de eleitores, incluindo cerca de 18 mil angolanos da diáspora.

Entretanto, segundo o Ministério da Administração do Território responsável pelo registo oficioso, não foi possível eliminar da base de dados os cidadãos falecidos no período de 2017 a 2022, devido a dificuldades administrativas.

Muitos cidadãos falecidos não constam na base de dados do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos que alega, entre outras dificuldades, a existência de cemitérios clandestinos no país que escapam ao controlo das autoridades.

Os partidos da oposição questionam a transparência do ficheiro informático e exigem uma auditoria independente à base de dados dos eleitores, para descartar uma possível fraude eleitoral.

A Comissão Nacional Eleitoral já anunciou a contratação de uma empresa para o efeito, mediante concurso público internacional, a CNE referindo que vai ser igualmente submetida a auditoria todo mecanismo tecnológico que está a ser elaborado na perspectiva das eleições gerais e isto até 15 dias antes da realização do pleito. Este órgão avançou ainda que vai formar 220 mil agentes eleitorais até à realização das eleições de 24 de Agosto.

Refira-se ainda que está já a decorrer o período de apresentação de candidaturas, desde o dia 6 até ao dia 25 de Junho, para a sua subsequente validação pelo Tribunal Constitucional, período após o qual, os partidos terão dez dias para dar resposta a insuficiências que possam ser identificadas nos seus processos.

Da dezena de partidos habilitados para concorrer às eleições, o MPLA no poder foi a primeira formação a apresentar no passado dia 8 de Junho a lista dos seus 355 candidatos a deputados.

 

 

 

 

Fonte:da Redação e da RFI
Reeditado para:Noticias do Stop 2022
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus