12
Sex., Ago.
0 New Articles

Biden culpa líder do Daesh pela morte de 10 civis que morreram na operação

O líder do grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico (EI), Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurayshi, teve oportunidade de se render perante as forças especiais norte-americanas, antes de se fazer explodir, revelou na quinta-feira o chefe do Comando Central (CENTCOM).

A realidade síria em caricaturas e no feminino

Quando Amani Al-Ali descobriu a arte da caricatura, há sete anos, decidiu aprender por si própria, uma vez que não havia professores destes desenhos satíricos em Idlib, na Síria.

"No início, quando publicava no Facebook, tinha medo porque sabia que ia receber várias críticas e pessoas a menosprezar o meu trabalho. Às vezes publicava, outras não. Depois percebi que tinha de enfrentar essa realidade e que não devia

Amnistia Internacional acusa Israel de "apartheid" contra palestinianos

A Amnistia Internacional (AI) descreveu a política de Israel em relação aos palestinianos como "apartheid", acusando o estado heraico de os tratar como um "grupo racial inferior".

A acusação foi feita numa conferência de imprensa em Jerusalém, esta terça-feira.

Novas descobertas arqueológicas no Iraque

Os investigadores estrangeiros estão de volta ao Iraque para prosseguirem as descobertas de tesouros culturais e milenares. No final de 2021 havia 10 missões estrangeiras na província de Dhi Qar, no sul do país.

Membros de uma expedição franco-iraquiana acabam de fazer descobertas importantes no local da cidade-estado suméria de Larsa.

Síria. Líder do Daesh fez-se explodir perante o aproximar das tropas americanas

A morte do líder do grupo terrorista surge depois de um ataque na noite anterior na Síria, pelos Estados Unidos.

As tropas especiais americanas mataram Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurayshi, líder do Estado Islâmico ('Daesh'), anunciou o presidente Joe Biden, esta manhã.

Nevão provoca crise de deslocados na Síria

Na Síria deslocados internos debatem-se contra o frio e a fome depois de uma forte queda de neve ter bloqueado estradas e destruído algumas tendas na cidade de Azaz, uma zona rural do norte de Alepo.

Um drama humanitário que aconteceu não muito longe de Hasakeh, onde os civis estão a fugir dos combatem entre as forças leais ao governo e as curdas da Síria.

ONU pede 4,4 mil milhões de euros para combater crise no Afeganistão

A organização das Nações Unidas está a pedir 4 mil e 400 milhões de euros para combater a crise humanitária que se vive atualmente no Afeganistão.

É o maior apelo de sempre feito pela ONU para ajudar um país que está perto do colapso.

Mais artigos...