21
Dom., Jul.
0 New Articles

Governo rescinde definitivamente concessão do porto com a Safebond

O Governo de São Tomé e Príncipe rescindiu definitivamente o contrato de concessão do porto com a Safebond e diz-se preparado para o processo judicial anunciado pela empresa. A garantia foi dada por Patrice Trovoada, primeiro-ministro do arquipélago, no final de uma visita surpresa à Enaport.

único réu civil está a ser ouvido desde ontem sobre caso do 25 de Novembro

Depois do adiamento da sua primeira audiência inicialmente prevista para o passado dia 25 de Setembro, devido à ausência do réu, começou ontem em São Tomé, o julgamento de Lucas, o único civil acusado do assalto ao quartel das Forças Armadas, no dia 25 de Novembro do ano passado que resultou na tortura e morte de quatro civis. O julgamento decorre sob forte dispositivo de segurança.

São Tomé e Príncipe: tentativa falhada de transferência de combustível

Em São Tomé e Príncipe, o combustível continua a faltar, nomeadamente, a gasolina. As tentativas para que o petrolífero consiga atracar têm falhado até ao momento. Os cidadãos estão desesperados perante o impasse actual como nos relata de São Tomé o nosso correspondente Maximino Carlos.

Governo são-tomense perante paralisações e pré-avisos de greve

No início da semana, os funcionários do Instituto das Obras Públicas entraram em greve por tempo indeterminado para reclamar o cumprimento de um acordo firmado com o anterior governo prevendo melhorias nas condições de trabalho e nos ordenados, sem que se tenha até agora chegado a um consenso. Insatisfeitos estão também os trabalhadores do sector da saúde e dos registos que apresentaram pré-avisos de greve, estas sendo as primeiras crises que o governo tem de

Armindo Rodrigues promovido a comandante da Guarda Costeira

O ex-vice-chefe do Estado-Maior das Forças Armadas de São Tomé e Príncipe, Armindo Rodrigues e o ex-comandante do exército, José Maria Menezes, assumiram este fim-de-semana as funções de comandante da Guarda Costeira e de novo inspector-geral das Forças Armadas, respectivamente. Ambos são arguidos e aguardam julgamento no processo do ataque ao quartel.

IVA entra em vigor a 1 de Junho em São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe deve começar a cobrar o Imposto sobre o valor acrescentado (IVA) nesta quinta-feira, 1 de Junho de 2023. No entanto apenas 200 das 380 empresas identificadas no arquipélago estão em condições de começar a cobrar esta nova taxa afirmam as autoridades.

São Tomé e Príncipe: Delfim Neves pediu a suspensão do mandato de deputado

Delfim Neves, ex-presidente da Assembleia Nacional de São Tomé e Príncipe, pediu a suspensão do seu mandato de deputado para ser ouvido pelo Ministério Público, enquanto testemunha, no caso do ataque ao quartel militar ocorrido a 25 de Novembro de 2022, que culminou na tortura de cinco suspeitos e morte de quatro.

Mais artigos...